Otto Alencar e Lídice da Mata dizem que governo federal persegue Estado da Bahia